Frase do Dia...

“Uma cozinha geralmente é definida como uma culinária que deriva de uma cultura particular”

Márcia Algranti, 5763 (2005)

sábado, 31 de julho de 2010

TEMPERO, Hummmm que cheiro bom!!!

Tempero é o nome que se dá ao conjunto de condimentos, cuja função é realçar o gosto do prato e, posteriormente identificou-se algumas funções terapêuticas. São exemplos de temperos o sal, a canela, o coentro, o alho, o louro, a pimenta e a salsa, entre outros.


Fone de Pesquisa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tempero


O que seria da gastronomia sem os cheiros e sabores dos temperos?
Nada!!!
Como é gostoso sentir um aroma e um sabor de uma comida bem temperada...
Bom demais!!!

Entre os temperos mais conhecidos e mais utilizados estão o nosso velho conhecido Alho, com seu aroma gostoso e marcante... Sabor incomparável...


Existe aroma mais perfeito do alho fritando?

Perfeito...



A cebola é uma companheira fiel do alho...
Seu sabor tambémé muito marcante.
Seu cheiro é inconfundivel!!!
Ideal refogada ou mesmo crua em saladas.

 
 
 
 
 

 
A salsa é um tempero que compõe o tão falado e comentado Cheiro verde.


Aroma forte, ideal para molhos e cremes.






Cebolinha verde...
Esta não pode faltar em uma boa receita, seja ela,molhos, cremes, sopas, caldos, etc...
Complemento do cheiro verde...
 
 
 
 
Por ultimo, mas não menos importante,o Coentro...
Seu aroma e sabor são fortes e extremamente marcantes, mas não é apreciado por todos.
Ideal para frango ensopado e peixes de uma forma geral.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pouco a pouco vou postando mais sobre temperos, suas utilizações,combinações e variedades.
 
Espero que estejam apreciando, pois este blog é de todos vocês que me ajudam diariamente, dando sugestões, pedindo receitas e divulgando.
 
Abraço a todos!!!

R.I.S.O.T.O



O risotto é um prato típico italiano em que se fritam levemente as cebolas e o arborio, ou o arroz em manteiga, e se vai gradualmente deitando caldo de carne e outros ingredientes, até o arroz estar cozido e não poder absorver mais líquido.

Risotto, que significa literalmente pequeno arroz, é um prato típico da região do Norte da Itália, mais especificamente ele provém da Lombardia. O risoto data do século XI quando o sul da Itália era dominado pelos Sarracenos e esses trouxeram o grão usado para a preparação do risotto.

A grafia correta em português seria com apenas um "t". RISOTO.


Os sabores são diversos...
Pode-se fazer risoto de praticamente tudo...
Sua criatividade deve ser aflorada...

Apenas muito cuidado nas combinações... Para nao deixar o risoto com sabores indefinidos ou mesmo com gosto ruim...

Vai aqui algumas dicas de sabores e misturas que ficam muito bons...


CARNE SECA COM ABÓBORA


FILÉ MIGNON COM QUEIJO GORGONZOLA E BRÓCOLIS


CAMARÃO COM LEITE DE CÔCO


TOMATE SECO, RUCULA E MUSSARELLA DE BÚFALLA



Para chegar a estes sabores, primeiro precisamos fazer a base do Risoto...

Vou ensinar fazer risoto para 4 pessoas

Ingredientes:

400 gr Arroz Arbóreo (próprio para risotos)
02 litos água
05 cubinhos de caldo de legumes
01 cebola media picada
02 dentes de alho amassados
01 colher de azeite
Sabor de sua preferencia
01 colher de margarina

Modo de preparo:

Coloque a agua para ferver e acrescente os cubinhos de caldo de legumes, deixe em fogo baixo para se manter aquecida.
Em uma panela de fundo grosso, esquente o azeite, frite alho e cebola. Cuidado para não queimar.
Em seguida coloque o arroz (não pode lavar arroz arbóreo), dê uma leve fritada nele e comece colocar o caldo.
O segredo no risoto está no adicionar do caldo.
Deve ser adicionado aos poucos.
Colcoca-se um pouco de caldo, mexa o risoto, tampe, deixe secar um pouquinho.
Acrescente mais caldo e assim sucessivamente.
O arroz vai soltando o amido, deixando aquele aspecto cremoso.
O ponto do arroz é al dente.
Quando estiver quase pronto, acrescente o sabor da sua preferencia, finalize com um pouquinho mais de caldo, espere dar uma secadinha, pouca coisa, pois o risoto tem que ficar molhadinho.
Por ultimo acrescente a margarina, desligue o fogo e pronto!

O risoto deve ser saboreado quente, pois quando esfria ele endurece e seca.

BASE DO RISOTO
Caso você queira guardar arroz de risoto cozido, pode, sem problemas...
Voce deve parar o processo no cozimento do arroz, antes de colocar os sabores.
Desligue o fogo, pegue o arroz cozido e despeje em uma superficie lisa... Pode ser uma mesa de marmore ou granito, inox, etc... Desde que esteja bem higienizada...
Vá mexendo o risoto para que ele esfrique e assim o cozimento seja interrompido.
Esta mistura voce pode guardar na geladeira por até 1 semana.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

NHOQUE...

O gnocchi ou inhoque (forma aportuguesada da palavra italiana gnocchi) é um prato amplamente difundido no mundo todo. O inhoque é freqüentemente preparado a base de batata ou farinha de trigo.


Há uma tradição, cuja origem é incerta, de se colocar uma nota de R$ 1 ou US$ 1 (ou 1 unida da moeda do país) sob o prato de "gnocchi" todo dia 29 do mês, visando dar sorte. No Brasil tal tradição tem seu início bem definido. Foi em 1989 no Restaurante Quattrino de São Paulo, que a proprietária, Mary Nigri, colocou essa dita tradição italiana em prática.
Ouviu apenas uma lenda, em Sorrento, sobre um casal de velhos que dera um prato de "gnocchi" a um mendigo, num dia 29, e todos os três tiveram lucros inesperados a seguir.

Fonte de pesquisa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nhoque

 
 
 
Temos duas maneiras de fazer nhoque...
 
Utilizando a nhoqueira...
 


Ou utilizando método manual...
 
 
 
A receita é a mesma... Variando apenas na quantidade de farinha de trigo...
Aliás,costumo dizer que farinha de trigo é como sal, tem que ser colocada a gosto...
Vai da preferência...
Eu por exemplo, gosto do nhoque um pouco mais firme!!!
 
Ingredientes:
 
01 kilo de batata inglesa
01 ovo
Farinha de trigo para dar liga
Sal a gosto.
 
Modo de preparo:
 
Cozinhe as batatas da maneira que preferir, decascadas ou não...
Escorra, amasse e reserve.
Assim que esfriar, acrescente o ovo, o sal e a farinha de trigo até dar liga...
Utilize seu metodo preferido de moldar os nhoques, seja manual ou nhoqueira.
Cozinhe os nhoques colocando-os em agua fervente temperada com um fio de óleo e uma pitada de sal.
Assim que os nhoques subirem, ou seja, ficar flutuando na água está pronto, só retirar e colocar para escorrer...
 
Coloque em uma travessa, acrescente o molho de sua preferencia e sirva.

Bom apetite!!!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Vai uma Caipirinha ou uma Caipiroska???

Gente...

Tenho colocado aqui sempre comida, comida e comida...

Mas estava pensando... Nossa... Preciso postar um drink... Nada mais indicado do que colocar aqui o mais brasileiro deles....
Caipirinha/Caipiroska...
Sempre cai bem...
Desde que apreciada com moderação...

Para uma boa Caipirinha é necessário uma cachaça de boa qualidade...




Se optar por uma Caipiroska, o melhor é utilizar uma boa Vodka... Existem várias marcas boas, tanto nacionais quanto importadas...



Quanto aos sabores... Temos muitos...
O Brasil é um país rico em cores e sabores...
Seguem algumas dicas que ficam simplesmente deliciosas...



Vamos ao que realmente interessa... Como fazer!!!

Ingredientes:

Vodka ou Cachaça
Kiwi, Limão, Morango ou Maracuja
Gelo
Açucar
um pouquinho de água gelada

Modo de preparo

Corte a fruta em pedaços, amasse um pouco com o açucar utilizando um socador ou mesmo o cabo de uma faca...
Acrescente o gelo, a cachaça ou a Vodka e por ultimo um pouquinho d'agua (pra nao ficar muito forte).
Misture bem...
Sirva em seguida...
Delicie-se...

NÃO ESQUECER...

Não amassar muito as frutas, principalmente o limao, pois pode soltar sumo...
O ideal é amassar suavemente...

Salada MAIONESE...


Kartoffelsalat (ou Erdäpfelsalat, na Áustria) é um dos pratos mais conhecidos da Alemanha. É uma salada composta por batatas cozidas, acompanhadas por diversos ingredientes. Possui denominações diferentes, dependendo da zona onde se consuma ou confeccione. Por exemplo, na região do Ruhr, denomina-se Erpelschlut. A tradução do nome em Alemão Kartoffelsalat significa literalmente "salada de batata".

Com maionese
Nas restantes regiões da Alemanha, é possível encontrar a salada de batata confeccionada com maionese. Também é possível usar iogurte ou natas. A salada com maionese pode normalmente ser também composta por pepino de conserva cortado em pequenos pedaços, maçã e pedacinhos de ovo cozido. É possível adicionar ainda restos de carne assada, arenque, salsichas e ervas aromáticas, como por exemplo o endro.

Fonte de pesquisa:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Kartoffelsalat

A maionese fica a seu critério, pode ser a tradicional, light ou versões com sabores...


Outra variação, para que fique um pouco mais light é usar os seguintes ingredientes:


Molho branco para salada

Ingredientes

100 g de queijo branco light
2 colheres (sopa) de requeijão light
1 collher (sobremesa) de mostarda
1 collher (sobremesa) de molho inglês
Sal e pimenta do reino à gosto

Modo de preparo:

Bater tudo no liquidificador até virar um creme, misturar a salada da sua preferencia conforme algumas dicas abaixo.

A Salada Maionese pode conter vários ingredientes, entre eles:
 
Batata, Cenoura, Vagem, Milho verde, Ervilha, Frango desfiado, pepino, ovos cozidos, etc...
 
Pode-se acrescentar também frutas, desde que não soltem liquido,pois pode deixar a salada aguada... Entre elas pode usar:
 
Maçã, Manga, Morango, etc...
 
 
O mais importante é não deixar os legumes cozinhar demais, o ideal é que eles fiquei um pouco al dente, para assim a salada ficar com gosto e aparencia melhor...

Use a criatividade...
Faça com carinho...
O resultado será excelente...
 
Abraços....

quarta-feira, 28 de julho de 2010

MOLHO TÁRTARO. . .



O meu querido leitor João pediu que eu postasse receita de Molho Tártaro...
Nao poderia deixar de atender ao seu pedido...













Tem este que é mais simples...


INGREDIENTES

1 xícara(s) (chá) de maionese
1/2 xícara(s) (chá) de picles picado(s)
1 colher(es) (chá) de mostarda
1 colher(es) (chá) de molho inglês

MODO DE PREPARO

Misture todos os ingredientes.
Dica: Sirva com iscas de peixe, iscas de frango, torradas, etc...




Continuando com molho tártaro...


Esta é uma receita um pouco mais elaborada...
Vai um pouco mais de ingredientes, e fica muito boa!!!


Espero que gostem...









INGREDIENTES

1 xícara de maionese
1/2 xícara de pepinos (picles) em conserva picados
2 colheres de sopa de cebolinhas finamente fatiadas
2 colheres de sopa de salsinha finamente picada
2 colheres de sopa de mini-alcaparras, escorridas e secas em papel toalha
1 colher de sopa de sumo de limão
1/4 de colher de chá de sal
1/4 de colher de chá de pimenta do reino

MODO DE PREPARO

Misture muito bem todos os ingredientes.
Acerte o tempero, com mais sal e pimenta, caso julgue necessário e guarde na geladeira.

Tire da geladeira 30 minutos antes de servir.


Tenho certeza que irá muito bem acompanhando um peixe empanado, por isso, vai aqui uma dica para seu peixe ficar sequinho, crocante por fora e macio por dentro...

* Quando for empanar,misture a farinha e trigo com amido de milho (popular Maizena)...
* Proporção - para cada xícara de farinha de trico, 01 colher de amido de milho.

Entao faz assim:

Separe o peixe ou o frango...
Tempere com sal, limão e pimenta do reino.

Empane, de acordo com as dicas que postei acima...

Frite em óleo quente...

Escorra em papel toalha...

Sirva com o molho tártaro...




Bom apetite!!!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Bom, Bonito e Delicioso!!!

M A C A R R Ã O





Origem do nome

Possivelmente venha do grego antigo "makron", que significava uma sopa grossa ou papa feita de cereais.
Outra teoria é de que viria de "makaria" (também grega), cujo significado é "alegre", considerando que uma refeição de macarrão dava alegria.
Há ainda outra teoria, segundo a qual, a palavra vem do italiano "macchare", que significa "desmanchar", referindo a moagem dos cereais;

No italiano moderno, o termo usado é "maccherone".
Há registro de 1279 de um certo Ponzio Bastione, da pequena Pontedassio, Ligúria, que deixou com herança à família uma bacia de maccherone..[1]

Fonte de pesquisa:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Macarr%C3%A3o


Mas deixando de lado a nomenclatura e a origem do macarrão...

Dicas simples são capazes de deixa-lo simplesmente delicioso...

1ª - Sempre colocar o macarrão pra cozinhar em água fervendo
(essa dica serve pro Vinicius Cruvinel) Né???

2ª - Colocar um fio de óleo e tbm um pouco de sal na água de cozimento
(essa dica tbm é pro Vinicius Cruvinel) kkkkk

3ª - Cozinhar o macarrão tempo suficiente para que ele fique al dente (Não pode cozinhar demais)

4ª - De uma mexida no macarrão durante o cozimento, pois assim evita que ele grude um no outro.

5ª - Assim que escorrer o macarrão, jogue agua fria por cima, assim interrompe o cozimento. (se não colocar água fria, ele continua cozinhando mesmo sem água, apenas com calor)

6ª - Depois de colocar água fria, e escorrer o macarrão, coloque mais um fio de óleo por cima, evitando assim que ele grude um no outro.



O restante fica por conta do molho...
Use sua criatividade e Bom apetite!!!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Molho Branco!!!

Essa postagem vai em homenagem a minha amiga Renata Padilha, pois ela é fã incondicional do meu molho branco...
Tenho certeza que irão gostar...


Para fazer um bom molho branco, recomendo o uso de um FOUET, uma espécie de batedor de arame... Ele deixa o molho muito mais liso...




Bom, mas vamos ao que realmente interessa...






Ingredientes:

1/2 litro de leite
1/2 cebola picada
01 colher de margarina
01 copo de requeijão cremoso
01 creme de leite
02 colheres de amido de milho (Maizena)
cheiro verde picado a gosto
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça a margarina e frite a cebola até que ela fique transparente, em seguida acrescente o leite, o cheiro verde, o requeijão, pimenta do reino e acerte o sal.
Assim que ferver o leite, acrescente o amido de milho dissolvido em leite e mexa rapidamente até engrossar. Usando o Fouet, nao terá perigo da mistura encaroçar.
Deixe cozinhar por 3 minutos, desligue o fogo, acrescente o creme de leite, misture bem e sirva...

Pode ser usado em massas, carnes, depois de frio pode-se usar em maioneses, etc...

Bom apetite!!!

Gostou Bruxa????

terça-feira, 20 de julho de 2010

Que Frio!!! Que tal um caldinho???




Gente...

Este fim de semana foi maravilhoso...
Amigos em casa...
Tudo de bom...
Friozinho...
Pra esquentar, nada melhor do que um caldo bem gostoso!!!

Recebi elogios... Disseram que nunca tomaramum caldo tãogosoto... Que na cidade nao se acha igual... Fiquei super orgulhoso e envaidecido!!!

Espero que vocês façam e depois me deixem comentários!!!



Caldo de carne com mandioca (Quibebe)

Ingredientes:

500 grs Carne (patinho, acém, musculo)
500 grs Mandioca descascada e cortada em cubos pequenos
01 gomo de linguiça calabreza picada e frita
01 tomate cortado em pedaços nao muito pequenos
01 cebola picada
03 dentes de alho
01 limao
sal e pimenta do reino a gosto
Cheiro verde a gosto
04 colheres de Molho de tomate

Modo de preparo:

Temepere a carne com sal,limao e pimenta do reino. Depois cozinhe na pressão com água, alho, cebola e tomate até a carne ficar macia. Retire a carne da panela, desfie e reserve. Reserve também o caldo do cozimento.

Em seguida pegue este caldo, acrescente a carne desfiada, a mandioca, a calabreza, o molho de tomate, cheiro verde, mais um pouco d'agua, acerte o sal e deixe cozinhar em fogo baixo até amolecer a mandioca e engrossar o caldo.

Tenha certeza que fica uma delicia!!!

Bom apetite!!!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Batata Frita Sequinha!!!



Gente...

Fiz o teste...
Nao é que deu certo mesmo???
kkkkkkk

Quem não gosta de batata frita?
Sequinha e crocante fica melhor ainda...
Aqui está um segredinho que vale a pena!!!


Corte as batatas da maneira que preferir...

Pode ser palito, rodelas, palha,etc...

Lave a batata e depois mergulhe numa solução de agua com vinagre, pode ser qualquer tipo de vinagre.
Para cada litro dágua, coloque 200 ml de vinagre.
Em seguida, seque as batats em um guardanapo ou papel toalha e frite em óleo quente.
Nao tempere a batata, frite sem sal.
Deixe para temperar quando for comer.

Tenho certeza que você vai adorar!!!

Abraço a todos!!!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Que Tal um arroz soltinho???




O processo é fácil...

Esquentar o óleo, fritar o alho, quando começar dourar, colocar o arroz, acrescentar o sal, fritar muito bem.
Colocar água, tampar, diminuir o fogo, esperar secar, colocar mais um pouquinho d'agua, esperar secar completamente e pronto... Só saborear.

SEGREDINHOS...

1 - Lave o arroz comantecedencia. Deixe o arroz escorrer bem, até ficar semágua.



2- Quando estiver fritando o arroz, pingue um pouco de limão. Fará com que o arroz fique mais soltinho.



3 - Deixe fritar muito bem o arroz. Até que ele se solte da colher.

Depois de segui estas dicas... Você terá um arroz assim:


Agradecendo...

Atendendo um pedido especial, aos poucos vou colocando dicas e segredinhos para o dia a dia...

Obrigado João, pelo carinho...

Espero que goste da dica...

Sds.


Luis Lima

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Baião de Dois...




Ingredientes:

• 1 kg de arroz tipo 1
• 1/2 kg de feijão de corda ou verde
• 2 linguiças calabresas grandes picadas
• 400 g de bacon picados
• 400 g de carne de sol picada
• 1 pimentão verde pequeno picado
• 1 pimentão amarelo pequeno picado
• 1 pimentão vermelho pequeno picado
• 1 cebola picada
• 5 dentes de alho picados ou amassados
• 1 xícara de manteiga de garrafa (encontra-se na feira)
• 4 caldos de carne, bacon ou feijão
• Cheiro verde e sal a gosto
• 2 litros de agua
• 2 tomates picados
• 400 g de queijo coalho ou outro com pouco sal

Modo de Preparo:

Cozinhe o feijão de corda com o caldo de carne, bacon ou feijão e a água por aproximadamente 40 minutos, mas não deixe cozinhar demais.
Frite o bacon, a calabresa e reserve.
Dessalgue a carne de sol, deixando de molho e trocando a agua de 3 em 3 horas
Ou então, compre a carne de sol com pouco sal.
Cozinhe a carne e reserve.
Em uma panela grande, coloque a manteiga de garrafa e deixe esquentar um pouco
Doure o alho e a cebola, acrescente o bacon e a calabresa reservados, a carne de sol reservada, o tomate, o arroz já lavado e escorrido e frite até o arroz ficar fritinho como se deve.
Acrescente o feijão com toda a agua do cozimento
Acrescente os pimentões e o cheiro verde
Acerte o sal
Se necessário, acrescente mais água para terminar de cozinhar
Assim que estiver quase cozido, faça buracos no arroz coloque o queijo em cubos e cobrindo os buracos novamente com o arroz
Sirva quente e não necessita de acompanhamentos

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Cozinhando com Luis Lima

Uma reportagem que minha querida amiga DIANA MONTEIRO colocou em sua coluna do Jornal A Tribuna...
Faz um tempinho, mas vale a pena relembrar...

Bjos querida...


terça-feira, 13 de julho de 2010

Gastronomia... Pura arte!!!

O Artista das Panelas

Na gastronomia não permitimos que a imaginação encontre limites...
É preciso despertar a mente e torna-la um reino pensante, criativo e sempre disposto a descobrir algo novo...
É preciso viajar a um mundo surreal, ousado e inusitado, ver o mundo como um vasto universo abstrato...
Para tanto é preciso ser um amante dedicado, assumir a paixão que temos pela cozinha, assim como um poeta tem pelas mulheres que conquista, pois é com ela que iremos dividir também as grandes noites.
O artista das panelas expressa nos pratos o real significado da liberdade, valoriza a sua terra assim como o perfume que exala das flores comestíveis da sua região, enriquece através do paladar as suas origens e de quem a vida dedicou para que ela hoje existisse.
Pense e pergunte a si mesmo..., já viu alguém chorar triste diante de uma boa mesa ???

CUP CAKE

Estava eu...
Passeando pelo blog da Melissa... Achei uma postagem:
Bolo de chocolate em 5 minutos...
De inicio duvidei, mas nao podia deixar de testar!!!

Gente, testei...
Não é que funciona mesmo...
Excelente para um lanchinho rápido...




Ingredientes:

4 colheres de sopa de farinha
4 colheres de sopa de acucar
3 colheres de sopa de chocolate
1 ovo
3 colheres de sopa de leite
3 colheres de sopa de oleo
1/2 colher de café fermento em pó
1 xicara

Modo de Preparo:

Em uma xícara, misture a farinha,o açucar, o chocolate em pó e o fermento, misture bem. Depois acrescente o ovo e continue misturando, sem seguida coloque o leite e o óleo. Leve a xicara ao microondas em potencia alta por 3 minutos.

Ainda na casa da Melissa...

Nossa...
Fizemos muita coisa... Foi uma noite toda de massas...

O que acha dessa agora...
Com a mão na massa!!!




Vamos a um

CONCHIGLIONE RECHEADO COM MUSSARELA DE BÚFALA COBERTO COM MOLHO DE TOMATE






Ingredientes

01 Pacote de 500 gr Macarrão Conchiglione
300 gr Mussarella de Bufala
08 Tomates sem sementes
01 Tomate inteiro
01 Cebola picada
02 dentes de alho amassados
Cheiro verde
Azeite
Sal e pimeta do reino a gosto
01 pitada de açucar

Modo de Preparo

Cozinhe o macarrão com agua, azeite e sal até que fique al dente. Retire do fogo, escorra, jogue agua fria para parar o cozimento, acrescente um fio de oleo para nao grudar e reserve.
Aqueça o azeite, frite e alho e acebola, acrescente os tomates picados e deixe cozinhar até que os mesmos amoleçam, acrescente o cheiro verde, o açucar, a pimenta, acerte o sal, deixe engrossar o caldo e reserve.

Pegue o macarrão, vá recheando um a um com um pedaço de mussarella de bufala e coloque em uma forma (recipiente, etc...) Que possa aquecer. Depois de todo o macarrão recheado, coloque o molho por cima e leve ao forno para derreter o queijo.

Casa Melissa Bernardelli... Adorei!!!

Essa semana que se passou, fui contratado pra dar aula de culinária... Viu que chique???
Exatamente isso...
Melissa Bernardelli pediu que eu fosse dar umas dicas para sua secretária..
Imgina...
Fazer o que gosto e ainda receber... Maravilhaaaaa...

Olha o sorriso...




Mas voltando ao assunto principal...

Vários pratos foram preparados, experimentados,saboreados, congelados, etc...
2 noites perfeitas...
Adorei conhecer minhas alunas: Meire e Katia... São uns amores!!!

Vamos começar com uma receita que adoro...

Um dos dias que estive em casa e podia assistir TV pela manha, no programa Mais Você da Ana Maria Braga, vi esta receita e achei legal testar... Foi amor a primeira garfada... Delicioso...


CANELLONE INVERTIDO...



Ingredientes:

10 fatias presunto
10 fatias de mussarella
1/2 pacote de macarrão cabelo de anjo
01 molho de tomate
03 tomates sem pele e sem semente
01 cebola picada
Cheiro verde
02 dentes de alho amassados
Sal e pimenta do reino à gosto
azeite
Ervas a gosto
Folhas de louro
01 pote de requeijão cremoso

Modo de Preparo:

Cozinhe o macarrão cabelo de anjo com água, azeite, sal e folhas de louro, até que fique al dente e reserve.

Faça um molho de tomate. Frite no azeite o alho e a cebola, junte o tomate picado, deixe apurar por uns 5 minutos, sempre em fogo baixo. Acrescente o molho de tomate, um pouco de água, pimenta do reino, cheiro verde, ervas, acerte o sal. Deixe ferver um pouco para que engrosse e reserve.

Montando os canelones.

Coloque uma fatia de presunto, por cima uma fatia de mussarela, um punhado do macarrão cozido, um pouco de requeijao por cima. Enrole formando o canelone e coloque em um refratário. Repita a operação até que o ultimo canelone.

Espalhe por cima o molho vermelho e leve ao forno pré-aquecido 180º por 15 minutos apenas para derreter o queijo.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Pintado Escondido




Ingredientes

01 kilo pintado em postas
05 tomates sem semente (picado)
02 cebolas picadas
04 dentes de alho amassados
02 pimentões amarelos cortados em rodelas
Sal e Cheiro verde a gosto
Suco de 05 limões
Pimenta do reino à gosto
Azeite para regar
200 gr Queijo parmesão ralado
01 vidro médio de Azeitona
01 molho de tomate


Modo de preparo

• Faça uma marinada com o limão, sal e pimenta do reino, regue as postas de pintado e deixe descansar por ½ hora na geladeira.
• Faça um molho consistente utilizando o azeite, alho, cebola, azeitona e molho de tomate. Reserve.
• Faça um vinagrete sem vinagre com o tomate, cebola e cheiro verde... Tempere apenas com sal o pimenta do reino. Reserve
• Corte o papel alumínio de forma que dê pra embrulhar individualmente as postas do pintado.
• Abra o papel alumínio, regue azeite, coloque no centro o peixe, molde uma forma com o papel alumínio em volta do peixe, regue com o azeite, coloque por cima o molho de azeitona, o vinagrete, o parmesão ralado, em seguida o pimentão em rodelas.
• Feche o peixe com o papel alumínio até envolver todo o peixe.
• Leve ao forno pré-aquecido por 1 hora, sirva porções individuais acompanhado com arroz branco.

Rocambole de Solteiro



Ingredientes:

- 1 kg de carne moída (patinho, alcatra, coxão mole)
- 1 pacote de creme de cebola (da marca de sua preferência)
- cheiro verde picado a gosto
- 4 dentes de alho amassados
- sal a gosto
- 1/2 cebola picada

Recheio

- 300 g de presunto cortado em fatias
- 300 g de mussarela ralada
- 1 tomate cortado em rodelas finas
- 1 lata de milho verde (escorrido)
- 1 gomo de lingüiça calabresa defumada média cortada em rodelas e frita
- 2 gomos de palmito em conserva cortados em tirinhas
- orégano a vontade
- 1 colher (sopa rasa) de margarina

Modo de Preparo:

Num recipiente misture a carne moída com o creme de cebola e amasse bem. Acrescente o cheiro verde, o alho, o sal e a cebola e misture novamente para que todos os ingredientes se incorporem. Pegue um plástico razoavelmente duro (pode ser saquinho que vem do próprio açougue), coloque a carne sobre esse plástico e espalhe bem com o auxílio de um rolo de macarrão ou rolinho de madeira até ficar com menos de 1 cm de espessura (não deve ficar grosso para não ficar cru). Depois da carne bem espalhada, vá colocando o recheio: primeiro o presunto, seguido da mussarela ralada. Espalhe as rodelas de tomate, o milho verde, a lingüiça calabresa, o palmito e o orégano. Com muito cuidado enrole a carne com a ajuda do plástico e depois de bem enrolado, transfira para uma fôrma untada com margarina. Coloque uns pedacinhos de margarina (1colher de sopa) por cima do rocambole, leve ao forno pré-aquecido a 200º C por cerca de 40 minutos a 1 hora. Sirva acompanhado de arroz branco e purê de batatas ou salada.

video

Minha Relação com a Culinária!!!

Cozinho desde os 15 anos de idade...
Nada profissional, sempre por prazer mesmo...

Adoro fazer reuniões com amigos e mostrar receitas novas que descubro, invento, reinvento... Isso é muito gostoso...

Lembro de quando eu ia pra escola levando bolo de chocolate pro lanche... Nossa, meus amigos adoravam... Esse cheirinho de chocolate só me lembra a minha 8ª série... Delicia...

Fiz uma participação no programa Mais Você da Ana Maria Braga...
http://www.youtube.com/watch?v=balOqZM62m8
ROCAMBOLE DE SOLTEIRO
Achei interessantissima...

Depois fiz esta mesma receita em um programa Regional aqui da emissora Rede Globo, que também foi muito legal...

Um dia a reporter me ligou e disse: Luis, estamos precisando de alguem pra fazer um peixe na Tv... Vc faria?
Respondi que sim... Aí ela disse que tinha que ser algo inédito...
Pensei bem e aceitei o desafio...
Fiz o PINTADO ESCONDIDO...
Olha o video: http://rmtonline.globo.com/noticias.asp?em=2&n=459587&p=2

Tenho muita vontade de fazer um curso profissionalizante na área...
Espero realizar essa minha vontade...

Abraço a todos...

LUIS LIMA

Palavra da vez... RECOMEÇAR!!!

Culinária... Uma arte!!!

A culinária é a arte de cozinhar, ou seja, confeccionar alimentos e foi evoluindo ao longo da história dos povos para tornar-se parte da cultura de cada um. Variam de região para região, não só os ingredientes, como também as técnicas culinárias e os próprios utensílios.

A cozinha muitas vezes reflete outros aspectos da cultura, tais como a religião – a carne de vaca é tabu entre os hindus, enquanto que a de porco é proíbida entre os muçulmanos e judeus – ou determinadas posições políticas, como o vegetarianismo em que não são consumidos alimentos provenientes de animais ou oriundo de animais como leite e ovos para esse efeito.

O desenvolvimento industrial teve igualmente um grande impacto na forma como as pessoas se alimentam. Por exemplo, a maior incidência de pessoas trabalharem longe de casa ou terem mais horas de trabalho levou ao surgimento da comida rápida; por outro lado, a consciência da segurança alimentar e da qualidade dos alimentos levou à criação de regras, por vezes na forma de leis, sobre a forma como os alimentos devem ser vendidos.

Uma disciplina associada à culinária é a gastronomia que se ocupa, não do modo como os alimentos são preparados, mas principalmente no refinamento da sua apresentação. Outras disciplinas relacionadas são a nutrição e a dietética, que estudam os alimentos do ponto de vista da saúde ou da medicina.